COVID-19

Ouça essa matéria

Lapão realizará casamentos comunitários

15/11/2021




A 1ª edição do Casamento Comunitário 2021

‘‘Laços de amor’’



O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) da Comarca de Lapão-BA, em parceria com a Prefeitura Municipal de Lapão, estará promovendo no dia 15 de Dezembro, 1ª Edição do Casamento Comunitário 2021 em Lapão.




A cerimônia que já faz parte do calendário das ações sociais do CEJUSC, precisou ser adaptada para obedecer às medidas sanitárias necessárias em decorrência da pandemia da COVID-19.




Este ano, para evitar aglomeração, o cerimônia será restrita aos noivos sem a presença de convidados.




O objetivo do evento é regularizar a situação de casais que vivem em união estável e não têm condições financeiras para realização do procedimento.

Casais hipossuficientes financeiramente que tiverem interesse em oficializar a união civil podem se cadastrar para participar do projeto de casamento coletivo, nesta edição, serão 60 vagas disponíveis, e os interessados em participar do processo seletivo devem se dirigir à unidade do CEJUSC-LAPÃO, localizado na Avenida 09 de Maio (antiga prefeitura), telefone (74) 99923-4703.




Uma entrevista será realizada com os candidatos, com o intuito de comprovar a hipossuficiência. Em seguida, os casais são direcionados ao cartório de Registro Civil de Lapão, onde atos e taxas relacionados ao casamento são gratuitos.




DOCUMENTOS NECESSÁRIOS




Solteiro: certidão de nascimento original com o prazo máximo de três meses de emissão;

Divorciado: certidão de casamento original com divórcio averbado, com o prazo máximo de 03 (três) meses de emissão e certidão de nascimento dos noivos.

Deverá ser apresentada comprovação de partilha/inexistência de bens (certidão fornecida pelo escrivão da secretaria onde tramitou o processo de divórcio ou cópia da sentença de divórcio) e cópia da certidão de nascimento.

Viúvo(a): certidão de casamento original ou cópia autenticada e certidão de óbito original ou cópia autenticada do cônjuge falecido, com o prazo máximo de três meses de emissão.

Deverá ser apresentada comprovação de inventário/inexistência de bens (certidão fornecida pelo escrivão da secretaria onde tramitou o processo de inventário ou cópia da sentença do inventário).

- Cópia dos documentos de identidade e CPF dos cônjuges (companheiro e companheira);

- Cópia do comprovante de residência;

- Cópia da certidão de nascimento dos filhos em comum, caso haja;

- Telefone de contato.

OBS: Os demais documentos (testemunhas), serão solicitados no momento da inscrição.

ATENÇÃO!

Só serão permitidas inscrições de casais que estiverem com a Caderneta de Vacinação COVID-19 em dias.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco