COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

RUI COSTA FAZ BALANÇO POSITIVO DA GESTÃO

03/02/2022



Na mensagem de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, o governador Rui Costa apresentou um balanço detalhado sobre as ações executadas pela administração estadual ao longo dos últimos anos nas áreas de educação, segurança, transportes, infraestrutura e saúde, com ênfase especial no combate à pandemia da Covid-19. No início do discurso, o chefe do Executivo agradeceu aos parlamentares pelo trabalho conjunto, aprovando projetos que reduziram os efeitos da crise sanitária e de saúde pública, bem como no socorro aos municípios e às vítimas atingidas pelas fortes chuvas e enchentes que trouxeram muitos prejuízos e mortes no Sul e Extremo-Sul da Bahia.

Em seu pronunciamento, o governador falou da crise econômica e social que o Brasil enfrenta, fazendo questão de destacar os “posicionamentos espantosos” do Governo Federal, diante das constantes ameaças ao ambiente democrático. Rui Costa considerou que há “um vácuo de governabilidade”, resultando esta ausência na triste realidade do Brasil voltar a integrar o Mapa da Fome. Frisou que o desemprego assombra os lares de 13% da população e aumenta ainda mais o percentual de trabalhadores que vivem na informalidade. O governador mostra preocupação quanto à queda contínua da renda média dos brasileiros, diz que o governo perdeu o controle sobre a inflação, atualmente na casa dos dois dígitos, e defendeu um maior diálogo como forma de promover o que chamou de “uma nova concertação do país”.

Nas mais de 50 páginas da mensagem, a área de saúde mereceu grande destaque. Rui garantiu que a estrutura implantada durante o período da pandemia do coronavírus vai permanecer em funcionamento após essa emergência e enalteceu as ações desenvolvidas no setor ao longo desse tempo: “Temos orgulho das novas unidades hospitalares implantadas na Bahia ao longo dos últimos 15 anos”, pontuou o governador, salientando ainda o avanço da Bahia após a instalação das Policlínicas de Saúde, beneficiando a população de centenas de municípios. Até o final do mandato, anunciou que 26 dessas unidades estarão totalmente funcionando. “A Bahia é o primeiro lugar do país em volume de investimentos em saúde”, comemorou o chefe do Executivo.

Por conta da pandemia, o governador frisou que foi preciso atuar fortemente em diversos setores, especialmente na área de educação. Destacou a criação do Bolsa Permanência, a ampliação do Auxílio Alimentação e o Programa Mais Estudo. Rui afirmou que sua administração está fazendo o maior investimento em infraestrutura escolar já realizado na história da Bahia. “Só de 2021 para cá, aplicamos R $2,9 bilhões na construção, ampliação e requalificação de escolas”. Disse também que apoiou o setor do comércio baiano, “adiando e parcelando o recolhimento do ICMS para as empresas das cidades que tiveram de adotar restrições” e informou que disponibilizou linha de crédito para micro e pequenos comerciantes por meio da Desenbahia.

O pronunciamento do governador também contemplou as áreas de transportes e infraestrutura. Ele lembrou as grandes obras de mobilidade urbana que mudaram a face de Salvador, a ampliação do Metrô em mais de 5 km, a instalação da Nova Rodoviária, com um novo impulso econômico para a região de Águas Claras e Cajazeiras e a construção do VLT da Calçada até Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. Em relação ao interior, Rui falou sobre a recuperação de 8.000 km de estradas em praticamente todas as regiões e lembrou das obras de duplicação da BR-415, rodovia que liga os dois maiores municípios do Sul da Bahia, Ilhéus e Itabuna. Festejou a retomada do projeto da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e apontou os avanços no projeto da Ponte Salvador-Itaparica, empreendimento que terá um investimento total de R$ 9 bilhões.


A mensagem apresentada pelo governador destacou também a importância do sistema hídrico com a execução de ações nas barragens do estado, a implantação de 9.500 sistemas de abastecimentos de água e a aplicação de R $2,3 bilhões em apoio à agricultura familiar. Rui Costa ressaltou que sua administração fez diversos aportes financeiros em projetos de melhoria nas estatísticas na área de segurança pública: admitiu 10.177 policiais militares, construiu 65 delegacias e nos últimos sete anos entregou 4.461 novas viaturas para os municípios. Elogiou ainda as ações adotadas pelas Secretarias da Promoção da Igualdade Racial e de Política para as Mulheres, em especial a Ronda Maria da Penha, no enfrentamento à violência contra a mulher.

Rui não se esqueceu também de relembrar que promoveu agora um reajuste salarial para todo o funcionalismo público, inclusive os aposentados, com percentuais que variam de 4% a 22%. Por fim, o governador pediu a ajuda dos parlamentares na continuidade da aprovação dos projetos fundamentais para a Bahia, “apesar de saber que todos estarão no debate do processo eleitoral, contribuindo para consolidar a força das ideias democráticas e participativas entre nós”. O pronunciamento do governador Rui Costa, transmitido ao vivo pela TV ALBA e redes sociais do Parlamento baiano, terminou com o sentimento de esperança em dias melhores daqui para a frente. “Quero reafirmar para esta Casa que, nos momentos mais difíceis, eu vi a Bahia de pé, a nossa Bahia Solidária. A Bahia de garra, que não foge à luta. E reafirmar também nosso conceito: Governar é gostar de cuidar de gente!”, encerrou o governador.


Fonte: Mídia Center




Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco