COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

"O que me sustenta é saber que os baianos acreditam que nosso Estado pode muito mais", diz ACM Neto

13/06/2022



Pré-candidato a governador finalizou agenda desta semana nesta sexta-feira (10) nos municípios de Riacho de Santana e Igaporã

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) afirmou nesta sexta-feira, em Igaporã, que o desejo de mudança e de construir um futuro diferente para a Bahia está presente em todas as regiões do Estado. Ele ressaltou que o que o sustenta nessa caminhada "é saber que os baianos acreditam que a Bahia pode muito mais" e frisou que não faz política "ameaçando ninguém", ao alfinetar adversários.

"Onde que a gente vai, de qualquer região do nosso estado, o sentimento dos baianos é o mesmo: o desejo de mudança, a vontade de construir um futuro diferente para o nosso Estado, a convicção de que em nossas mãos a possibilidade de, em outubro deste ano, construir uma vitória que será histórica para a Bahia", disse o ex-prefeito de Salvador, ao lado do pré-candidato ao Senado Cacá Leão (PP).

Neto já passou por mais de 130 cidades baianas desde o ano passado e ressaltou que tem recebido muitas manifestações de apoio. "Aliás, é exatamente por isso que essa grande aliança é com o povo da nossa terra. O que me sustenta, o que me apoia, o que me dá suporte é saber que os baianos acreditam que a Bahia pode muito mais", salientou.

Ele pontuou que, por ser candidato de oposição, não tem "o governo na mão" e que tem a oferecer suas ideias e propostas para o futuro da Bahia. "Não faço política ameaçando ninguém. Não fico em cima de prefeito para fazer chantagem da liberação de recursos ou da assinatura de convênios. Eu, como candidato de oposição, tenho para oferecer ao nosso povo as minhas ideias, as minhas propostas, a minha visão para o futuro da Bahia", ponderou.

ACM Neto ainda criticou os governos petistas. "Se tem uma coisa que eles são muito competentes é na propaganda, no marketing. Mas não foram capazes, depois de 16 anos, de oferecer à Bahia uma posição melhor no Brasil. Porque hoje, como baiano, eu fico envergonhado quando vejo falar da violência e citar a Bahia, falar do desemprego e apontar para a Bahia, falar em problemas de saúde e indicar o nosso estado, falar na pior educação e ter ali mais uma vez a Bahia segurando o último lugar", criticou.

Ele destacou que seu desejo para o futuro do estado é construir um plano "que estimule a economia, apoie a cultura, estenda as mãos para o pequeno e médio produtor, que valorize a agricultura familiar, que olhe para o nosso patrimônio natural, que valorize os rios". "Esse é o meu objetivo, quero fazer na Bahia o melhor governo deste país. Hoje me sinto preparado para isso e é exatamente por esse motivo que tenho levado a minha mensagem de fé, confiança e esperança no futuro", frisou.

Três dias na estrada

Nos últimos três dias, ACM Neto e Cacá Leão visitaram oito municípios baianos. A agenda começou na quarta-feira (8) no Baixo Sul, em Cairu, onde participou de uma série de atividades ao lado do prefeito Hildécio Meireles (União Brasil). À noite, participou em Irecê de um ato político organizado pelo ex-prefeito e pré-candidato a deputado federal Luizinho Sobral (PSC).

Na quinta-feira (9), eles foram Iaçu, Ibiquera e Boa Vista do Tupim, no território do Piemonte do Paraguaçu. Já nesta sexta-feira (10) a agenda foi finalizada no território do Velho Chico, em Matina, Riacho de Santana e Ibiquera.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco