COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

ACM Neto critica perseguição do governo e diz que vai colocar Hospital de Itaberaba para funcionar se não houver solução estadual ou federal

11/07/2022

A unidade de saúde está pronta, mas tem enfrentado dificuldades junto ao governo do estado para ser inaugurada

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) afirmou neste sábado (9) que terá como prioridade, caso seja eleito, colocar para funcionar o Hospital Regional de Itaberaba ainda nos primeiros dias de mandato. A unidade de saúde está pronta, mas tem enfrentado dificuldades junto ao governo do estado para ser inaugurada. Neto realizou ato político em Itaberaba nesta manhã, onde foi recebido pelo prefeito Ricardo Mascarenhas (PP).

“Nas conversas que tive com Ricardo, ele sempre me colocou como maior preocupação o funcionamento do Hospital Regional de Itaberaba. Pois eu quero dizer a ele e ao povo que, se o governo do estado nesses próximos meses não der as condições de funcionamento, se o credenciamento junto ao governo federal não avançar, em primeiro de janeiro, quando eu sentar a minha bunda na cadeira de governador, vou priorizar e vou colocar o hospital para funcionar”, disse Neto em discurso na cidade.

Fechado há 15 anos, o hospital foi reformado pela prefeitura, inclusive com recursos de emendas do deputado federal Cacá Leão (PP), pré-candidato ao Senado. A inauguração estava prevista para ocorrer em março deste ano. Porém, segundo o prefeito em entrevistas a rádios locais em maio, a disposição do governo do estado mudou depois que o PP, seu partido, rompeu com Rui Costa e declarou apoio a ACM Neto. Como tentativa de resolver o impasse, o prefeito buscou o governo federal para viabilizar a operação.

Ricardo disse estar sendo vítima de perseguição política. “Mas não vou parar de trabalhar, independentemente da situação política. Não vão me perseguir. A gente está sem inaugurar o hospital regional? Não tem problema, a gente precisa seguir em frente. Vamos ter um governador que no dia 1º de janeiro vai colocar o hospital para funcionar. É isso que a gente tem que fazer, brigar por Itaberaba, por Boa Vista do Tupim, por Mucugê, todas as cidades que representam a nossa região”, disse o prefeito em discurso.

“Não tenha dúvida, Ricardo: a Bahia vai ficar com um olhar muito atento para o que vai acontecer em Itaberaba a partir de hoje. Vamos ver até que ponto o governo do estado e o governador são capazes de perseguir e prejudicar o povo da Chapada. Porque eles não irão perseguir e nem prejudicar o prefeito, de jeito nenhum. A perseguição e o prejuízo será contra o povo. E você pode dormir tranquilo, Ricardo, porque a Chapada precisa desse hospital regional e esse, meu irmão, é um compromisso meu.”, disse ACM Neto.

Além de Ricardo Mascarenhas, o ato político em Itaberaba contou com outras lideranças da Chapada Diamantina, a exemplo dos prefeitos Dinho (PSDB), de Boa Vista do Tupim, Dona Ana (União Brasil), de Mucugê, Zenilton Matos (União Brasil), de Itaetê, e Kaká (Republicanos), de Wenceslau Guimarães.

Agenda

Além de Itaberaba, ACM Neto visitará outras três cidades da Chapada Diamantina ainda neste sábado. Na sequência, vai a Utinga, para encontro político na Praça Antônio Muniz, e depois a Palmeiras, para ato na chácara Recanto da Paz. À noite, a reunião será em Lençóis, no Hotel Portal Lençóis.






Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco