COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

"Não vou deixar a Bahia andar para trás como aconteceu com o Brasil", afirma Jerônimo em Itaberaba

18/07/2022


"Aqui não tem projeto pessoal ou de interesse de empresa. Eu não sou um candidato de mim mesmo, eu não fui produzido em laboratório para ser governador da Bahia. Eu tenho história, eu tenho origem. Eu sou do meio do povo, eu não nasci em gabinete, não vou deixar a Bahia andar para trás como aconteceu com o Brasil", afirmou o pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, durante plenária do Programa de Governo Participativo (PGP), em Itaberaba, na tarde deste sábado (16).

Crítico dos pré-candidatos ao Governo da Bahia que são aliados do atual presidente da República - tanto o que tem vergonha de assumir quanto o ex-ministro - Jerônimo disse que "o Governo Federal trouxe de volta a fome, o desemprego e a inflação". Em parceria com Lula a partir de 2023, o ex-secretário estadual da Educação e do Desenvolvimento Rural nas gestões do governador Rui Costa (PT) garantiu que vai priorizar a inclusão das pessoas que mais precisam.

"O presidente Lula se comprometeu com o Brasil e com a Bahia em resgatar os nossos sonhos, a nossa estima, botando o povo pobre, o povo preto, as mulheres no orçamento. Teremos mais indústrias, mais empregos, mais agricultura familiar", garantiu Jerônimo, que discursou ao lado de Rui Costa, do senador Jaques Wagner (PT), dos pré-candidatos a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), e a senador, Otto Alencar (PSD), e de mais de 30 prefeitos, vice-prefeitos e ex-prefeitos. Mais de cinco mil pessoas participaram do evento no território do Piemonte da Diamantina.

Compromissos firmados

Ainda em fase de elaboração, o Programa de Governo da chapa que tem o apoio de Lula na Bahia documentará o compromisso do candidato em "garantir a ampliação do Hospital de Itaberaba, que vai oferecer serviços de alta complexidade, oncologia e cardiologia". O governador Rui Costa quer reabrir e operar a unidade com recursos próprios do Estado. Na plenária deste sábado, Rui informou que vai acionar a Justiça para que o hospital entre em funcionamento o mais rápido possível. Nos últimos 16 anos, os governos do PT na Bahia entregaram 20 hospitais.

Jerônimo também assegurou que vai fortalecer as atividades turísticas e, para isso, vai investir em infraestrutura e logística. Na plenária do PGP, o pré-candidato antecipou que cinco trechos de rodovias estaduais serão recuperados já no início de sua gestão, caso Rui não possa entregar ainda em 2022: Boninal a Novo Horizonte, Bonito a Souto Soares, Marcionílio Souza a Maracás, Mucugê a Abaíra e Utinga a Tapiramutá.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco