COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

Políticas para uma cidade invisível Por Léo Prates

28/08/2022


Em 2019 aceitei a missão de assumir a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, e entendi que a missão seria cuidar de quem mais precisa. No cargo de secretário, pela primeira vez tive a oportunidade de trabalhar de forma mais aprofundada junto a uma parcela dos nossos cidadãos que pra muita gente é invisível: a população de rua.

Ao tratar de pessoas em situação de rua, estamos lidando com indivíduos de realidades diversas, mas que partilham a condição de pobreza extrema. O último censo da secretaria, em 2018, catalogou 5,9 mil pessoas em situação de rua na nossa cidade, por isso a necessidade de ações assertivas para trazer dignidade a esses cidadãos.

Me orgulho de ter implementado o Sempre Cidadão, programa para assegurar as diretrizes do Sistema Único da Assistência Social (SUAS), garantindo cuidados à população de rua. Através dele ampliamos as vagas de acolhimento de 180 para 700. Também oferecemos atendimento diário aos usuários de substâncias psicoativas e garantimos atendimento psicossocial, orientação jurídica, emissão de Cartão SUS, atendimento do Serviço Municipal de Intermediação de Mão-de-obra e projeto de habitação social.

Inauguramos também o Núcleo de Ações Articuladas para População em Situação de Rua, uma central de serviços onde pessoas em situação de rua passaram a ter acesso a atendimento psicossocial, inscrição em programas como o Minha Casa, Minha Vida, além de receber qualificação profissional para ser encaminhado para o mercado de trabalho.

Um conflito constante que observávamos nos locais de acolhimento, era a impossibilidade das pessoas ingressarem acompanhadas do animal de estimação, por isso buscamos criar unidades com canis para receber também os pets dos acolhidos.

Ao assumir a Secretaria de Saúde, levei esta bandeira para a pasta. O ponto de partida do nosso trabalho foi a ampliação de unidades para atendimento destas pessoas, implantando cinco novos consultórios na rua, dois pontos de cidadania e uma nova unidade de acolhimento na Cidade Baixa.

Na pandemia, investimos no projeto Girassóis de Rua, idealizado pelo dr. Antônio Nery Filho, para levar atendimento médico para este grupo mais vulneráveis a Covid-19. A base do trabalho é desenvolvida pelas equipes do Consultório na Rua, que são vinculadas às Unidades Básicas de Saúde, viabilizando o encaminhamento do paciente para as UBS, quando necessário.

Poder contribuir com a melhoria da vida do seu povo é a missão de todo o político, mas reconhecer essas necessidades primeiramente deve passar por conhecer uma realidade por vezes distante da nossa. Por isso carregarei esta bandeira por onde quer que eu vá. Cuidar da população em situação é cuidar de quem mais precisa.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco