COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

Chapada: Comunidades de Seabra celebram entregas de unidade de beneficiamento, equipamentos e caminhão baú

24/09/2022


Considerada a capital da Chapada Diamantina, Seabra, celebra nesta quinta-feira (22), mais uma importante inauguração. Foi entregue pelo governo do estado da Bahia, a Unidade de Beneficiamento de Derivados da Mandioca para a Associação Comunitária Povoado Riacho das Palmeiras, localizada na comunidade de Riacho das Palmeiras.

O equipamento foi totalmente reformado, proporcionando a 20 famílias de agricultores e agricultoras familiares um local mais adequado para o trabalho de beneficiamento da mandioca. Na unidade serão produzidos 18 tipos de produtos, a exemplo de beijus, bolos e sequilhos, dentre outros.

O presidente da Associação, Mauro Sérgio de Oliveira, agradeceu pela unidade e falou sobre a importância desse equipamento para a comunidade. “Iremos ver o nosso povo trabalhando mais, gerando renda e comercializando nossos produtos para outras regiões”.

Foram investimentos mais de R$ 338 mil na Associação, investidos na reforma da unidade de beneficiamento, aquisição de equipamentos e Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER). Os recursos são provenientes do projeto Bahia Produtiva, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

A ação visa apoiar a inclusão social, geração de emprego e renda e segurança alimentar e nutricional para agricultores e agricultoras da comunidade, bem como a qualificação técnica com a promoção de treinamentos, cursos e oficinas referentes ao tema e à sustentabilidade socioeconômica dessas famílias, a partir da produção e fornecimento de alimentos derivados da mandioca.

Outras entregas
Ainda no município de Seabra, a comunidade de Prata de Baixo foi contemplada com a aquisição de equipamentos e um caminhão equipado com baú, para o apoio à logística da Unidade de Processamento de Derivados da Mandioca e na cozinha comunitária.

A ação beneficia cerca de 35 famílias que fazem parte da Associação e trabalham também com produção de polpas de frutas. As famílias recebem ainda o serviço de ATER, prestado por meio do projeto Bahia Produtiva. No total, estão sendo investidos mais de R$ 350 mil, para qualificar o beneficiamento da mandioca, produzindo beijus, bolos, sequilhos, entre outros, gerando mais emprego e renda e promovendo segurança alimentar e nutricional de agricultores e agricultoras. Com informações de assessoria.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco