COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

Governador eleito, Jerônimo defende 'time' e anuncia início da transição para esta segunda

31/10/2022



O governador Rui Costa (PT) e o governador eleito Jerônimo Rodrigues (PT) comemoraram, na noite deste domingo (30), a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a presidência da República. Para eles, a Bahia teve uma participação fundamental para a volta do petista ao Palácio do Planalto. Lula teve, no estado, 72,12% dos votos válidos, com o apoio de quase 6,1 milhões de baianos.

Para Jerônimo, a vitória de Lula foi a vitória da democracia, que foi constantemente ameaçada durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), derrotado nas eleições nacionais.

“Hoje, a gente encerra as eleições no Brasil celebrando a democracia. Nós não estamos na Bahia de forma isolada. Além da democracia, a vitória de Lula significa trazer, para cada brasileiro e brasileira, a esperança de ter comida na mesa, emprego, carteira assinada, dinheiro no bolso, cultura, educação e saúde. A nossa luta nas eleições para trazer Lula de volta tem essa marca, essa concepção”, afirmou Jerônimo.


Segundo Rui, a volta de Lula à presidência é a oportunidade do país recuperar seu status no cenário internacional e unir novamente a população brasileira.

“O nosso país, com muita alegria, a gente vai ver ser respeitado e admirado no mundo inteiro, como nós éramos há alguns anos atrás [sic]. Lula vem para reconstruir nosso país e, como ele mesmo disse, para construir um governo que não será do PT, não será de um partido apenas. Será o governo de uma reconstrução nacional, de união do nosso país, de restabelecer os valores democráticos, o respeito às instituições do nosso país, o verdadeiro respeito à família, às mulheres e às crianças”, afirmou Rui.

Ambos os petistas baianos falaram da grande votação que Lula obteve na Bahia. De acordo com Jerônimo, a população do estado deu um “voto de gratidão” ao presidente eleito.

“A Bahia se orgulha muito. A Bahia não teve um voto capacho, refém. A Bahia teve um voto a Lula de gratidão, pela história dele no Brasil como presidente da República e como líder político. E nós acreditamos que Lula vai devolver essa gratidão em forma de trabalho”, avaliou o governador eleito.

“A Bahia, mais uma vez, reafirma a sua singularidade. Eu acabei de ler ali e não posso deixar de citar, porque me senti orgulhoso. A Bahia marcou a história do Brasil em 1823 e volta a marcar a história do Brasil sendo o estado que deu a maior diferença nominal do Brasil a Lula. E, com isso, a gente garante que o Brasil volta a seguir em frente, para gerar emprego, matar a fome do povo”, concluiu Rui Costa.

Com 99,99% das urnas apuradas, a vantagem de Lula sobre Bolsonaro na Bahia é de 3.740.410 votos. O governador Rui Costa (PT) e o governador eleito Jerônimo Rodrigues (PT) comemoraram, na noite deste domingo (30), a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a presidência da República. Para eles, a Bahia teve uma participação fundamental para a volta do petista ao Palácio do Planalto. Lula teve, no estado, 72,12% dos votos válidos, com o apoio de quase 6,1 milhões de baianos.

Para Jerônimo, a vitória de Lula foi a vitória da democracia, que foi constantemente ameaçada durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), derrotado nas eleições nacionais.

“Hoje, a gente encerra as eleições no Brasil celebrando a democracia. Nós não estamos na Bahia de forma isolada. Além da democracia, a vitória de Lula significa trazer, para cada brasileiro e brasileira, a esperança de ter comida na mesa, emprego, carteira assinada, dinheiro no bolso, cultura, educação e saúde. A nossa luta nas eleições para trazer Lula de volta tem essa marca, essa concepção”, afirmou Jerônimo.

Segundo Rui, a volta de Lula à presidência é a oportunidade do país recuperar seu status no cenário internacional e unir novamente a população brasileira.

“O nosso país, com muita alegria, a gente vai ver ser respeitado e admirado no mundo inteiro, como nós éramos há alguns anos atrás [sic]. Lula vem para reconstruir nosso país e, como ele mesmo disse, para construir um governo que não será do PT, não será de um partido apenas. Será o governo de uma reconstrução nacional, de união do nosso país, de restabelecer os valores democráticos, o respeito às instituições do nosso país, o verdadeiro respeito à família, às mulheres e às crianças”, afirmou Rui.

Ambos os petistas baianos falaram da grande votação que Lula obteve na Bahia. De acordo com Jerônimo, a população do estado deu um “voto de gratidão” ao presidente eleito.

“A Bahia se orgulha muito. A Bahia não teve um voto capacho, refém. A Bahia teve um voto a Lula de gratidão, pela história dele no Brasil como presidente da República e como líder político. E nós acreditamos que Lula vai devolver essa gratidão em forma de trabalho”, avaliou o governador eleito.

“A Bahia, mais uma vez, reafirma a sua singularidade. Eu acabei de ler ali e não posso deixar de citar, porque me senti orgulhoso. A Bahia marcou a história do Brasil em 1823 e volta a marcar a história do Brasil sendo o estado que deu a maior diferença nominal do Brasil a Lula. E, com isso, a gente garante que o Brasil volta a seguir em frente, para gerar emprego, matar a fome do povo”, concluiu Rui Costa.

Com 99,99% das urnas apuradas, a vantagem de Lula sobre Bolsonaro na Bahia é de 3.740.410 votos.


Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco