COVID-19

Click aqui e ouça a Irecê Líder FM, enquanto acompanha as noticias da sua cidade.

Ouça essa matéria

PSOL oficializa apoio a Jerônimo Rodrigues: “Não podemos entregar o Estado na mão daqueles que caminharam com Bolsonaro”

05/10/2022


Anúncio foi realizado em entrevista conjunta nesta terça-feira



A Executiva Estadual do PSOL da Bahia e o candidato a governador Kleber Rosa (PSOL) anunciaram, nesta terça-feira (04), o apoio a candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao Governo da Bahia. O anúncio foi feito durante coletiva realizada em Salvador, o petista se comprometeu a estudar os pontos presentes no documento entregue pela legenda socialista.

O PSOL ressaltou que “a única opção possível para aqueles (as) que defendem a democracia” é o apoio a candidatura do postulante petista ao Palácio de Ondina. “Uma possível vitória de ACM Neto ao Governo da Bahia significaria entregar o Estado nas mãos daqueles que caminharam ao lado de Bolsonaro [...] e que defendem políticas regressivas e genocidas”, afirma trecho do documento.

“Quero agradecer publicamente o apoio do PSOL a minha candidatura. Nós já tínhamos o apoio do PSOL ao presidente Lula e agora teremos esse apoio. Um apoio crítico, com um documento que nós iremos estudar e nos reunir, e com conteúdo [...] Vamos estabelecer as diretrizes, analisar o que iremos incorporar. Vamos entregar uma devolutiva ao partido, teremos mais uma reunião sobre os pontos que estão aqui, e iremos caminhar juntos pela vitória na Bahia e no Brasil”, explicou Jerônimo.

“Nós não temos dúvidas do papel do PSOL nesse processo eleitoral, não temos dúvida da nossa tarefa de eleger Luiz Inácio Lula da Silva e de impedir a volta das oligarquias ao Governo da Bahia. Nosso apoio a Jerônimo é irrestrito, nós vamos para campanha, vamos caminhar juntos e eleger Jerônimo como o próximo governador da Bahia. Temos vários pontos [no documento]. Em linhas gerais, revela um pouco daquilo que já tratamos no processo eleitoral e que a Bahia pode acompanhar: valorização do serviço público, do patrimônio público, garantia das terras indígenas e tantos outros temas. A gente não quer substituir [o programa de Jerônimo] e nem impor nosso programa, estamos apresentando aquilo que é importante para gente. Eu vi, recentemente, uma entrevista do senador Jaques Wagner que falava que o projeto é o mesmo, mas o estilo de governar é diferente. Nós estamos torcendo que o estilo Jerônimo tenha sensibilidade com o que nós estamos apresentando”, declarou Kleber Rosa.

Presente no anúncio, o governador Rui Costa (PT) destacou que há similaridades entre os programas do PSOL, de Jerônimo e de Lula (PT). O petista ressaltou ainda importância da atuação do PSOL na luta pela garantia à moradia digna, pauta presente e defendida por Jerônimo e pelo presidente Lula. O psolista teve 0,59% dos votos válidos no pleito deste ano, ou 48.239 votos, e terminou em quarto lugar na disputa.




Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco