COVID-19

Ouça essa matéria

Anestesista preso por pornografia infantil pediu para ficar sozinho com menor de idade

24/01/2023

  

A família de uma criança procurou a Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), no Rio de Janeiro, para informar que suspeita de um possível abuso sexual que o médico anestesista colombiano Andres Eduardo Oñate cometeu durante um procedimento.

Nesta terça-feira (17), o pai informou à delegacia que o anestesista tinha "exigido" que a criança ficasse sozinha no quarto de um hospital durante o procedimento, mas o familiar achou estranho o pedido do médico. Segundo o delegado do caso, Luiz Henrique Marques, a investigação vai continuar.

"De ontem para hoje identificamos o que pode ser uma terceira vítima ainda não confirmada. Um pai procurou a delegacia suspeitando da forma como a filha foi atendida em um hospital. O investigado teria exigido que a criança ficasse sozinha com ele um bom tempo, quase 20 ou 30 minutos, o que despertou a suspeita desse pai. Agora, ele foi ouvido e a gente vai prosseguir nas investigações para concluir se realmente é uma vítima ou não", disse ao site Extra.

A Polícia Civil investiga, também, se o anestesista tem a licença do Cremerj para atuar como médico no Rio de Janeiro. Além da criança, duas vítimas já foram identificadas através dos vídeos que foram gravados durante os abusos sexuais.

Leia Também

Reportagens recentes:
2011 - 2020 @ Líder Notícias - O Seu Canal de Informação | Desenvolvedor :: @ vJPacheco