Em pesquisa interna, Coronel é aprovado por 99,1% dos servidores da Alba

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD), encomendou uma pesquisa interna para avaliar sua gestão com os servidores. O resultado foi mais que positivo para o deputado, que assumiu a presidência da Casa há seis meses. 99,1% dos entrevistados aprovam a gestão do pessedista. Destes, 63.4% avaliam a gestão como ótima, 30,7% como boa, 5% como regular. Nenhum dos entrevistados considera ruim ou péssima a atuação de Coronel no comando da Alba.
Ainda conforme o levantamento, 48,5% acha que o presidente está “acima das expectativas” e 44,6% dentro das expectativas. 5% não souberam responder e nenhum dos entrevistados optou pela resposta “abaixo das expectativas”. A pesquisa foi realizada entre junho e início de agosto. Coronel tomou posse como presidente da Alba em fevereiro, após desbancar o deputado Marcelo Nilo (PSL) que tinha 10 anos no cargo e tentava reeleição. Na ocasião, Nilo retirou sua candidatura horas antes da votação, ao perceber que Coronel ganharia. Com apoio da bancada de oposição, o pessedista venceu por unanimidade.
Em seis meses de gestão, Angelo Coronel fez algumas mudanças na Casa. Criou a Assembleia de Carinho, presidida por sua esposa, Eleusa Coronel, que trata de ações sociais em parceria com hospitais, casas de apoio, dentre outros. O presidente também promoveu ações para cortar custos na Casa, economizando mais de dois milhões,  reformou o plenário e a entrada principal, implantando o detector de metais e a biometria, cortou pontos dos deputados e colocou em votação a PEC que proíbe a reeleição para presidente e Mesa Diretora. O presidente também já afirmou que colocará em votação o Plano de Cargos e Salários para os servidores, que deve ser apreciado neste semestre.
fonte bnews